Filosofia de Bar

O projeto Filosofia de bar é idealizado por Mayã Fernandes e Lélia de Castro, produzido pela Oribê. O projeto nasce com a proposta de discutir e difundir o pensamento filosófico por meio de debates atuais.
A filosofia torna-se realmente perigosa quando está fora dos muros da academia. Seja na escola, nas praças e ruas ou no famoso botecão. O pensamento filosófico entrelaça-se com outros conhecimentos e favorece a reflexão. Para isso, Mayã Fernandes (@maya.g.fernandes) e Ana Carolina Lima Corrêa (@anace.lima) recebe convidadas (os) para dialogar sobre temas contemporâneos.

Você pode acompanhar nosso podcast nos seguintes sites:

Spotify

Megafono

GooglePodcast

Deezer

Para Colaborar com nosso trabalho e fazer uma doação clique aqui e/ou divulgue nosso projeto.

#56 Arte Têxtil Filosofia de Bar

Neste episódio do Filosofia de Bar, Anace Lima (@anace.lima) convida Samantha Canovas (@samanthacanovas). Samantha Canovas, 1990, é natural de Brasília/DF. Mestra em Poéticas Visuais pela USP e bacharela em Artes Plásticas pela UnB. É artista plástica, escritora, bordadeira e arte-educadora. Pesquisa o têxtil enquanto campo escultórico e sua relação com o vestuário, buscando a diluição da fronteira arte/artesanato e pensando sua relação com o caseiro e o feminino. Em 2017 participou da residência artística NES, na Islândia e em 2012 na School of Visual Arts em Nova York. Integra mostras coletivas desde 2010 em cidades como Brasília, Goiânia, São Paulo, Rio de Janeiro e Uberlândia. Em 2016 realizou sua primeira individual “Lembrar que a água circula por debaixo das ondas” em Brasília.Gostou de nosso podcast? Apadrinhe-nos e ajude-nos a custear o projeto acessando o link https://www.padrim.com.br/flosofiadebar (a partir de R$ 1,00).
  1. #56 Arte Têxtil
  2. #55 Raça, Arte e Mídia
  3. #54 Metronormatividade
  4. #53 Percursos do tempo e da memória em Walter Benjamin
  5. #52 Sobre a melancolia

Sugestões e reclamações, mande-nos uma mensagem:

Presencial

O projeto Filosofia de bar é idealizado e realizado por Mayã Fernandes e Lélia de Castro, produzido pela Oribê e 44 Produções. O projeto nasce com a proposta de discutir e difundir o pensamento filosófico por meio de debates atuais.
A filosofia torna-se realmente perigosa quando está fora dos muros da academia. Seja na escola, nas praças e ruas ou no famoso botecão. O pensamento filosófico entrelaça-se com outros conhecimentos e favorece a reflexão. Para isso, Mayã Fernandes recebe pessoas da cena cultural do Distrito Federal para tomar cerveja e iniciar a conversa.

filosofia de bar09

Data: 13/09
Horário: 19:00

Local: Barito Café (CLN 405 Loja 73 Bloco D, Asa Norte, Brasília)

Tema: Como esquivar o mau tempo
Convidadas: Stella D’Agostini

Stella D’Agostini é Cientista Polítia formada na Universidade Federal da Paraíba, mestre pelo Programa de Pós-graduação em Ciência Política e Relações Internacionais da Universidade a Paraíba. Experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Pensamento Político e Teoria Política. Atua principalmente com os temas: pensamento político brasileiro, africano e latino-americano; teoria política e pensamento marxista.

67097308_2345328002225939_5834290614337798144_o

Data: 09/08
Horário: 19:00

Local: Barito Café (CLN 405 Loja 73 Bloco D, Asa Norte, Brasília)

Tema: Visibilidade e representatividade lésbica
Convidadas: Melissa Navarro (Coturno de Vênus – DF), Cristiane Furtado e Luísa Tapajós (Revista Brejeiras – RJ).

WhatsApp Image 2019-06-26 at 11.58.28

Data: 09/07
Horário: 19:00

Local: Barito Café (CLN 405 Loja 73 Bloco D, Asa Norte, Brasília)

Tema: Pós-verdade e a vaza jato
Convidada: Mácia Teixeira

Mácia Teixeira é artista plástica e muralista, graduanda em filosofia pela UnB. Ecossocialista e feminista.

Imagem1Data: 14/06
Horário: 19:00

Local: Barito Café (CLN 405 Loja 73 Bloco D, Asa Norte, Brasília)

Tema: Por que a filosofia é perigosa?
Convidada: Talita Victor

Talita é brasiliense de nascimento, “baineira” de criação – uma mistura de mineira com baiana – lésbica por orientação afetiva e política, socialista por formação cristã (sim!) e feminista porque não poderia ser diferente.

Cientista política graduada pelo Instituto de Ciência Política – IPOL/UnB, e especialista em instituições e processos políticos do Legislativo pelo Centro de Formação da Câmara dos Deputados, onde é servidora concursada há oito anos, depois de ter servido também o Ministério da Saúde como assessora parlamentar. Atualmente, compõe o corpo técnico de servidores(as) da Liderança do PSOL na Câmara , reconhecidamente uma trincheira de resistência no Parlamento brasileiro.